Logo
  • Esportes

    Inicia nesta quinta-feira (03), o 1º Festival de Turismo de Aventura de Rosário

    Atletas rosarienses e dos municípios da região terão a oportunidade de participar, de 3 a 6 de outubro, do 1º Festival de Turismo de Aventura de Rosário. O evento, realizado pela Prefeitura de Rosário em parceria com o Sebrae Maranhão, deve movimentar o turismo esportivo da região.
    Durante os quatro dias, serão realizadas atividades esportivas, apresentações culturais, gastronomia, passeios turísticos, além de contato direto com a natureza em muitas opções de aventuras.
    Rosário será o cenário para corridas de rua, ciclismo mountain bike, canoagem, trail, escalada, encontros de motociclistas e jipeiros, apresentações culturais e exposições artísticas. As modalidades têm inscrições abertas para atletas locais, atletas visitantes e, também, cadeirantes.
    Confira a programação completa:
    Dia 3 de outubro | Quinta-feira
    18h – Abertura do evento com autoridades, parceiros e patrocinadores. Local: Estação Ferroviária.
    19h30 – Palestra de abertura.
    20h30 – Apresentações Culturais e Festival Gastronômico. Local: Praça da Prefeitura e Praça Matriz.
    Dia 4 de outubro | Sexta-feira
    7h às 18h – Realização de passeios turísticos. Ponto de encontro: Praça da Prefeitura.
    8h às 18h – Entrega dos kits aos participantes. Local: Sebrae.
    8h às 18h – Atividades desportivas com crianças e jovens . Local: Parque da cidade e Balneário do Delega.
    18h – Apresentações Culturais e Festival Gastronômico. Local: Praça da Prefeitura e Praça Matriz.
    20h – Encontro de motociclistas e jipeiros (Clubes da Harley – Davidson e do Jipe). Local: Praça da Prefeitura.
    Dia 5 de outubro | Sábado
    7h às 18h – Realização de passeios turísticos.
    8h – Atividades desportivas. Local: Balneário do Delega, Ginásio e Rio Itapecuru.
    8h – Corrida em trilhas (trekking). Local: Balneário do Delega.
    16h – Corrida de motocross.
    17h – Corrida de rua.
    18h – Apresentações Culturais e Festival Gastronômico. Local: Praça da Prefeitura e Praça Matriz.
    20h – Encontro de motociclistas e jipeiros (Clubes da Harley – Davidson e do Jipe). Local: Praça da Prefeitura.
    Dia 6 de outubro | Domingo
    8h – Prova de Mountain Bike.
    9h30 – Corrida de canoas.

    Rayssa Leal, a Fadinha, ganha projeção no Skate Street e se aproxima da Olimpíada de Tóquio

    A pequena Rayssa Leal, conhecida como ‘Fadinha’, proporcionou mais um momento de destaque no cenário mundial do skate. Afinal, com apenas 11 anos, a maranhense subiu ao pódio como vice-campeã de Skate Street, no Campeonato Mundial realizado na cidade de São Paulo, no último fim de semana. Um resultado que a deixou muito perto da Olimpíada de Tóquio em 2020.
    Um vídeo, uma manobra e mais de 20 milhões de visualizações na internet. Foi assim, que começou a história da ‘Fadinha do Skate’. Em entrevista ao Globoesporte.com, a atleta natural de Imperatriz-MA, não escondeu a felicidade da conquista e de estar nos holofotes do esporte, que pratica desde os 6 anos de idade.
    – Eu estou muito feliz de ter feito a dobradinha com a minha melhor amiga (Pâmela Rosa), a pessoa que me inspira. A experiência de estar em um pódio representando o Brasil, é muito legal. Eu espero que possa ter mais campeonatos assim no país, para poder fortalecer a modalidade tanto na categoria feminina como a masculina. Isso ajuda a dar visibilidade para quem está começando – ressaltou.
    Dispensando qualquer outro tipo de brincadeira padrão, a maranhense desde pequena já demonstrava a afinidade que teria com os esportes radicais. Através de um amigo da família, Rayssa foi apresentada ao skate.
    – Ela começou aos seis anos, com um amigo nosso. Desde sempre o gosto por brincadeiras foi no estilo radical, nunca pegava uma boneca pra brincar, exceto se alguém tivesse lá brincando com ela. Ela já tinha o patins e esse nosso amigo mostrou o skate pra ela. No início, tínhamos medo de ela se machucar, mas foi tranquilo. Só não imaginávamos que ela chegaria a esse ponto – contou a Mãe da skatista, Lilian Leal.
     Foi algo por acaso. Na minha escola, estava tendo um desfile cívico com o tema de historinhas infantis e me colocaram pra ser a Sinhinho (um Fada do conto infantil Peter Pan). Só que no mesmo dia, tinha um competição de skate que a galera da cidade organizava, para ver quem fazia a melhor manobra, e eu queira muito ir. Assim que acabou o desfile, o evento já estava rolando, ai eu falei pra minha mãe: “Me dá logo meu tênis, que eu quero ir logo”. As minhas roupas estavam no carro para trocar, mas não dava mais tempo e acabei indo de Fadinha mesmo. Depois, quando eu fui ver os comentários das pessoas, o nome já tinha viralizado – relembrou a atleta, sobre a origem do apelido.
    Começo difícil
    Rayssa tem como inspiração alguns dos principais nomes do skate feminino no mundo, as brasileiras Letícia Bufôni e Pâmela Rosa, ambas, amigas dentro e fora da pista. Com muito em quem se espelhar e com fama na internet, a evolução da maranhense foi tão rápida, que os pais resolveram levá-la para a disputa do primeiro Campeonato Brasileiro de Skate Street Mirim, em Julho de 2015, em Blumenau-SC.
    A família humilde do interior do Maranhão, teve que encarar aproximadamente 2.800 km de ônibus para poder chegar até o sul na competição. Mas o resultado colocou o nordeste no mapa do skate brasileiro. Rayssa havia se tornado a primeira campeã mirim de Skate Street no país.
    A Lilian, mãe da Rayssa lembrou dos desafios para passar por cima das dificuldades financeiras. A família chegou a fazer até vaquinha online para poder custear as a primeira viagem, mas só deu para pagar a passagem de ida.
    – No início foi bem difícil. A gente chegou a pensar em desistir por não ter condições financeiras para levar ela aos campeonatos. Mas tentamos fazer de tudo como rifas, sorteio, vaquinha online, tudo para poder arcar com custos de viagens. Nós sabíamos que era uma coisa que ela gostava, então procuramos todos os meios possíveis. Na nossa cidade, nenhuma empresa acreditou na Rayssa, no sentido de apoiar ela ou dar suporte nas viagens. A primeira viagem de campeonato foi para Blumenau-SC. Nós fomos de avião e somente com a passagem de ida e a coragem. Na volta, trouxemos o título de campeã brasileira, mas tivemos que voltar de carona no ônibus, por não ter dinheiro. – lembrou a Mãe.
    Apesar de sensação nas pistas, a atleta ainda tem outras obrigações em sua carreira: os estudos. Segundo a atleta, a conciliação só é positiva pelo apoio que a escola oferece.
    – A minha escola nos apoia demais. Mesmo quando viajo, eu levo as atividades pra fazer na viagem para poder não perder nada. A instituição desde o início da minha carreira foi parceira em me ajudar com as reposições de aula quando necessário – contou.
    Todo esse alvoroço não é atoa. Membro da seleção brasileira, a skatista é um dos destaques da modalidade no país. E sua fase é espetacular. Esse ano, ela venceu o Far’N High, na França, e ainda foi bronze na Street League Skateboarding (SLS), em Londres. Mais cedo, ainda no primeiro semestre do deste ano, Rayssa havia sido campeã da etapa de Los Angeles da SLS. Na ocasião, a atleta haiva superado as amigas Letícia Bufoni e Pamela Rosa. A grande meta para 2020 são os Jogos Olímpicos de Tóquio.
    O Brasil nos Jogos de Tóquio 2020
    Pelos critérios estabelecidos para as Olimpíadas, o Brasil poderá contar com até 12 atletas no total em Tóquio – três no Park Feminino, três no Park Masculino, três no Street Feminino e três no Street Masculino.
    O apelido
    Algum tempo depois, Rayssa continuou praticando e evoluindo. Com a ajuda da mãe, resolveu começar a postar vídeos de suas manobras na internet. Um deles havia chamado bastante atenção, quando a atleta resolveu participar de uma competição local, vestida em uma fantasiada de Fada. O vídeo repercutiu tanto que, além de mais de 20 milhões de visualizações nas redes sociais, os fãs começaram a identificar a atleta como a ‘Fadinha do Skate’.
    A participação desse número limite dependerá do desempenho dos brasileiros ao longo das duas janelas classificatórias estabelecidas pela World Skate para a corrida olímpica. O primeiro ciclo já fechou no último dia (15). A segunda janela já 16 de setembro de 2019 a 31 de maio de 2020.(Globo Esporte)

    Palmeiras vence o Fortaleza fora de casa e mantém vice-liderança

    O Palmeiras segue o bom momento no Campeonato Brasileiro. Mesmo jogando fora de casa, diante do Fortaleza, no estádio Castelão, o Verdão conquistou a vitória com o gol solitário de Willian.

    Com o triunfo, o Verdão segue na cola do líder Flamengo, apenas três pontos atrás da equipe carioca. Os comandados do técnico Mano Menezes foram a 42 pontos conquistados, enquanto o Rubro-Negro tem 45. O Fortaleza permaneceu com 22 e ocupa a 14ª posição.

    O jogo

    Fortaleza e Palmeiras fizeram um primeiro tempo muito disputado. Apesar disso, poucas chances reais de gol foram criadas por ambas as equipes. Aos 18, o Fortaleza chegou com Edinho, que arriscou um chute de longe. A bola, no entanto, subiu muito e foi para fora.

    O Palmeiras, por sua vez, assustou aos 38 minutos, quando Gustavo Scarpa cruzou uma bola venenosa para dentro da área. Porém, o goleiro Marcelo Boeck saiu e deu um soco na bola, afastando o perigo de dentro da área do Leão.

    Na segunda metade do jogo, não demorou muito para o Palmeiras abrir o marcador no Castelão. Scarpa bateu escanteio, e a bola desviou em Tinga, sobrando limpa para Willian. O atacante bate para o gol e estufa das redes do Tricolor: 1 a 0

    A partir daí, o jogo ficou lá e cá. O Fortaleza teve boa chance empatar aos 33, quando Juninho cobrou falta direto para o gol, rasteiro, mas viu a bola ir para fora. O Verdão conseguiu segurar o resultado até o apito final e garantiu os três pontos.

    Corinthians é taxado pela União em R$ 566 milhões

    A Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) cobrou do Corinthians mais de R$ 566 milhões em impostos. Segundo a Lista de Devedores no site do órgão, as cobranças são tributárias, de Imposto de Renda, Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL), PIS e Cofins.
    O valor ultrapassa a receita líquida do clube em 2018, de R$ 446 milhões. A equipe fechou o ano com déficit de R$ 18 milhões, segundo a Folha de S.Paulo.
    Ao todo, os valores cobrados do Corinthians estão separados em 8 categorias junto à União e não incluem pagamentos já acordados em programas de refinanciamento de dívidas, como o Profut (Programa de Modernização da Gestão de Responsabilidade Fiscal do Futebol Brasileiro), de 2015.

    Polícia busca Cazares após denúncia de agressão contra mulher

    Uma ligação levou a Polícia Militar à casa de Cazares, jogador do Atlético, em Lagoa Santa, na região metropolitana de Minas Gerais, na manhã desta segunda-feira (9). Na chamada, feita por volta das 7h, uma mulher denunciou que uma amiga sua teria sido agredida ainda durante a madrugada pelo meia do Galo.
    Até o momento, nenhuma das duas foi encontrada no endereço gerado durante a ligação e, por isso, militares decidiram ir até o condomínio fechado onde o atleta vive para entender o que pode ter acontecido.
    Cazares ainda não entrou em contato com o Atlético, informou o clube por meio de sua assessoria. Assim, o time aguarda que o atleta fale sobre o assunto e que os órgãos oficiais se pronunciem sobre o caso. O departamento jurídico também espera o boletim de ocorrência e a manifestação do atleta para se pronunciar.
    O meia esteve em campo na tarde desse domingo (8), durante a derrota do Atlético para o Botafogo, por 2 a 1, no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro.
    No entanto, ainda durante a noite, o clube voltou a Belo Horizonte, e os atletas foram dispensados. Segundo o calendário de atividades do clube, Cazares só precisa se reapresentar no Centro de Treinamento do Galo na terça-feira (10), às 15h30.

    Marcelo Medeiros é tricampeão dos quadris no Rally dos Sertões

    O piloto maranhense, Marcelo Medeiros, mais uma vez levantou a Taça do Rally dos Sertões alcançando, nesta edição, o tricampeonato.
    Neste domingo, os pilotos largaram de Crateús (CE) e cumpriram a última e mais rápida especial, de 18 Km, até as dunas de Aquiraz (CE). Marcelo finalizou a etapa em 12min29seg . O título foi comemorado em Aquiraz (CE), última cidade do roteiro dos Sertões 2019.
    Após 8 duríssimas especiais realizadas na 27ª edição, que ultrapassaram 2800 Km, o piloto Maranhense somou 39h10min39seg no acumulado, uma folga de 20 horas do segundo colocado, #107 Milton Martens, com 59h56min07seg. O menor tempo fez do piloto campeão da edição de 2019 dos Sertões.
    “Graças a Deus, em 2019, nós fomos tricampeões. Foi um ano difícil, com especiais longas, mas eu tive muito foco e determinação para conseguir esse tricampeonato”, comemora o piloto.
    Marcelo Medeiros, que veste as cores da equipe Taguatur Racing Team, é patrocinado pela FC Oliveira, através da Lei de Incentivo ao Esporte do Governo do Maranhão. O piloto destaca o empenho de todos os envolvidos nesta vitória. “Não fui só eu o campeão, mas toda a equipe. Sem a equipe eu não teria como chegar na cidade, não tem como chegar na largada. Então eu dedico essa vitória para a toda equipe, inclusive a do Maranhão que estava na torcida por mim”, destaca o quadriciclista.
    Foram oito dias de competição dos Sertões 2019 com largada inédita na cidade de Campo Grande (MS), no dia ‪24 de agosto, e chegada com areia e mar no Beach Park, no Porto das Dunas, na cidade de Aquiraz (CE), no dia ‪1 de setembro. Durante a maratona, os pilotos percorreram seis estados: Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Goiás, Tocantins, Piauí e Ceará e nove cidades e encararam as mais diferentes condições de terrenos do sertão brasileiro.
    No total, foram percorridos 4.887 km, sendo 2.858 km de especiais (trechos cronometrados) em um roteiro cheio de desafios: trechos sinuosos, terrenos de cascalho, piçarra, pedras grandes e lajes além de poeira, lama, calor e umidade.
    Marcelo venceu seis das oito etapas desta edição. Na trajetória pelos Sertões e com a taça deste ano, Marcelo Medeiros coleciona os títulos em 2012, 2015, 2019 e vice em 2013.
    Resultado dos Sertões 2019 ( QUADRICICLOS):
    1º) #102 – Marcelo Medeiros, Taguatur Racing Team, 39h10min39seg
    2º) #107 – Milton Martens, Martens Rally Team, 60h516min32seg
    3º) #101 – Wescley Dutra, Girão Racing, 59h32min47seg
    4º)#105 – Giovanni de Castro, BPM Racing Team, 73h18m15seg
    5º) #106- Fábio freire, 118h24min20s

    Corredor cego ajuda atleta guia e juntos conquistam o bronze no Parapan

    Yeltsin Jacques e Rafael Santeramo correm grudados e não é força de expressão. O corredor tem 0,5% da visão, enxerga apenas vultos, e precisa de um atleta-guia para participar dos 5.000 mil metros nas competições. A dupla treina junta há mais de um ano e carrega relação de amizade de quase um ciclo olímpico.
    No Parapan de Lima eles chegaram como favoritos ao ouro por causa dos resultados conquistados ao longo da temporada. E tudo ia nos conformes durante 4.000 metros. Rafael corria pelo lado de fora, cantava as voltas para Yeltsin e os dois monitoravam a dupla canadense e a equatoriana, os principais concorrentes ao primeiro posto. A estratégia precisou ser alterada bem no sprint final.
    A estreia em uma competição continental, o estádio cheio, o barulho, os torcedores na arquibancada, e a pressão por defender um País favorito no atletismo passaram a pesar na cabeça de Rafael. O céu cinza da capital peruana ficou ainda mais escuro, as pernas já pareciam não obedecer o corpo. Ela queria desistir.
    “Percebi que o Yeltsin estava sobrando e poderia brigar pelo ouro. Mas é uma prova que a gente tem de estar junto, sofrer junto. Falei para ele: ‘temos que mudar o combinado'”, disse Rafael em entrevista ao Estado. O companheiro tentou animá-lo. “Dizia: ‘vamo, vamo, não desiste’. Sabia que dava para pegar medalha.”
    Rafael tentou se recuperar, respirou, forçou até onde dava, mas os canadenses abriram distância. Os equatorianos, que estavam um pouco atrás, emparelharam. Yeltsin e Rafael, presos por uma fita, não podiam se desprender ou seriam desclassificados. O corredor cego diminuiu o ritmo e viu deixar escapar a prata. Rafael, já cabaleando, cruzou a linha de chegada a tempo de ganhar o bronze.
    “No meu primeiro Parapan em Guadalajara-2011 também senti a pressão. Não é fácil mesmo”, disse Yeltsin, que nasceu com baixa visão e foi batizado em homenagem ao ex-presidente russo Boris Yeltsin. No segundo evento continental, em Toronto-2015, ele superou o trauma e faturou logo dois ouros, um no 5.000m e outro nos 1.500m.
    Rafael caiu na pista e ficou estirado centímetros após terminar a prova. Yeltsin levantou a mão para pedir ajuda. Enquanto ninguém aparecia ele ia e vinha, mexia nos cabelos, ainda tentando digerir tudo o que havia acontecido nos 15 minutos e 41 segundos da largada até o final. Dois médicos entraram na pista e colocaram Rafael na cadeira de rodas. O atleta guia saiu carregado. Yeltsin caminhou sozinho em direção ao vestiário.

    Vasco vence o São Paulo em São Januário pelo Brasileirão

    A sequência invicta do São Paulo no Campeonato Brasileiro chegou ao fim. Neste domingo (25), a equipe comandada pelo técnico Cuca visitou o Vasco da Gama, em São Januário, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro e acabou saindo de campo com a amarga derrota por 2 a 0, a primeira após nove jogos. Talles e Fellipe Bastos balançaram as redes para o Cruzmaltino.

    Sem conseguir encaixar seu jogo, o São Paulo viu suas chances de vitória irem por água abaixo aos 35 minutos do primeiro tempo, quando Anderson Daronco expulsou Raniel após consultar o VAR e interpretar que o pé do atacante que atinge o rosto do volante Richard foi um lance passível de cartão vermelho.

    Com o resultado, o São Paulo perdeu a oportunidade de seguir na cola do líder Santos, que venceu o Fortaleza também neste domingo. Com muitos desfalques, o Tricolor fica estagnado na quarta colocação, mas pode ser ultrapassado pelo Corinthians em caso de vitória sobre o Avaí.

    O jogo

    O Vasco começou a partida pressionando o São Paulo e não demorou muito para assustar Tiago Volpi. Logo aos seis minutos, Marrony recebeu de costas para o gol, se livrou de marcação de Anderson Martins e bateu colocado, tirando tinta da trave direita do goleiro tricolor. Já aos nove foi a vez de Raul receber enfiada de Marrony dentro da área e tocar na saída de Volpi, que fez a defesa.

    As ameaças vascaínas continuaram aos 22 minutos. Marrony, novamente ele, arrancou em contra-ataque, foi costurando para o meio à espera de um espaço para finalizar e, quando isso aconteceu, chutou cruzado, mandando para fora. Como se não bastasse a blitz cruzmaltina, a situação piorou ainda mais aos 35 minutos, quando Anderson Daronco, após consultar o VAR, expulsou Raniel, que atingiu o rosto de Richard involuntariamente em disputa de bola.

    Com um a mais em campo, o Vasco abandonou a postura defensiva que adotou quando o São Paulo tinha a bola e passou a atacar com mais jogadores. Em contrapartida, o Tricolor começou a ter espaços para explorar que antes não havia e foi assim que por pouco não empatou a partida. Aos 44 minutos, Antony saiu em velocidade, tocou para Daniel Alves, e o camisa 10 acionou Everton na entrada da área. O meia-atacante fez o giro e, aproveitando o escorregão do marcador, bateu rasteiro, mas não pegou forte na bola, facilitando o trabalho do goleiro Fernando Miguel.

    Antes de o árbitro apitar o fim do primeiro tempo, o Vasco ainda teve a chance derradeira para ir para o intervalo em vantagem no placar. Aos 48 minutos, Thalles recebeu cruzamento da direita, dominou a bola dentro da área e bateu forte, mandando rente ao travessão de Tiago Volpi.

    Na etapa complementar, o Vasco continuou em cima do São Paulo na busca por abrir o placar. Aos cinco minutos, Marrony apareceu pela esquerda e cruzou na medida para Rossi, que, livre dentro da área, tentou arrematar de voleio, mandando para fora. Já aos 11 minutos, depois de tanto martelas, os donos da casa, enfim, foram mais felizes e balançaram as redes com Thalles, que ficou com a sobra do desvio de Leandro Castan após cobrança de escanteio e bateu sem chances para o goleiro Tiago Volpi.

    Aos 15 minutos, os apuros do São Paulo ficaram ainda maiores por conta de Antony, que sentiu e teve de ser substituído por Vitor Bueno. Posteriormente, Everton Felipe entrou na vaga de Léo, e Liziero passou a ser o lateral-esquerdo, mas pouca coisa mudou dentro de campo.

    Sem conseguir ameaçar com um homem a menos e sofrendo com a superioridade numérica do Vasco, o São Paulo acabou castigado aos 35 minutos, quando Fellipe Bastos apareceu livre para completar o cruzamento de Danilo Barcelos, ampliar o marcador e matar a partida para os donos da casa, que conseguiram se distanciar da zona de rebaixamento com uma vitória gigante sobre um dos concorrentes ao título brasileiro.

    Fadinha do Skate é campeã na etapa de Lauro de Freitas do STU

    A skatista maranhense Rayssa Leal, a Fadinha do Skate, incluiu mais um título em seu currículo de vitórias. Aos 11 anos, a Fadinha do Skate ganhou a etapa de Lauro de Freitas (BA) do Circuito Brasileiro de Skate Street (STU). O evento aconteceu neste domingo (25).
    Rayssa Leal somou 19.9 pontos após suas voltas e descartes, ficando na frente de Virgínia Fortes Águas (17.5) e Marina Gabriela (16.9), segunda e terceira colocadas, respectivamente.
    A Fadinha do Skate conquista a segunda vitória no Circuito. Rayssa já havia faturado na etapa anterior do street, em Belo Horizonte.
    Já no masculino, João Lucas Alves foi o campeão, com 32.3 pontos válidos, seguido de Gabryel Aguilar (30.7) e Denis Silva (30.3).
    Classificação final da etapa Lauro de Freitas
    Feminino
    1) Rayssa Leal – 19.9 pontos
    2) Virgínia Fortes Águas – 17.5
    3) Marina Gabriela – 16.9
    4) Gabriela Mazetto – 16.3
    5) Isabelle Menezes – 15.3
    6) Isabelly Ávila – 14.8
    7) Rafaela Murbach – 11.9
    8) Ariadne Souza – 10.8
    Masculino
    1) João Lucas Alves – 32.3
    2) Gabryel Aguilar – 30.7
    3) Denis Silva – 30.3
    4) Elton Melonio – 26.6
    5) Kleber Fabiano – 25
    6) Lucas Xaparral – 24.3
    7) Rodil Jr Ferrugem – 22.3
    8) Rogério Febem – 21.9

    Vôlei Brasil conquista o titulo do torneio de Vôlei 4×4 em Rosário

    A cidade de Rosário-MA, foi palco neste domingo (11), do 1º torneio de Vôlei 4×4 masculino, competição que contou o apoio da Federação Maranhense de Voleibol (FMV). As disputas acontecerem no Ginásio Ferreirinha.

    O superintendente Municipal de Juventude de Rosário, Max Sarney, participou do evento como um dos titulares do time campeão.

    Para mim é uma honra participar de um evento como esse, mas gratificante ainda representar a minha cidade, alem disso poder representar os jovens nesses esporte dentro do nosso município, que só tem a crescer, valorizando cada vez mais a nossa juventude—disse

    O titulo da competição ficou com a equipe do Vôlei Brasil, que na decisão da competição enfrentou o Fênix Vôlei e venceu por 2 sets a 0, com parciais de 22×20 e 18×13. Na disputa de 3º e 4 º lugar, a equipe do BGC enfrentou o Vingadores e venceu por 21×19.

    Nesta edição participaram seis equipes. Fênix Vôlei, BCG, Kayros Vôlei, Vingadores, Vôlei Brasil e Vôlei Juventus.

    PREMIAÇÃO: A equipe vencedora do torneio, foi premiada com R$ 500, a segunda colocada com R$ 200 e a terceira R$ 100. As equipes receberam troféu e medalhas.

  • Anne Boutique

  • Policiais do 27º BPM prende estuprador em Rosário

    Policiais do 27º BPM prende estuprador em Rosário

    Um homem identificado como Walison Rodrigues dos Santos de 28 anos foi preso no início da noite desta segunda-feira (12), pela prática de estupro de vulnerável na cidade de Rosário, no Bairro Lagoa Azul, a vítima tem 17 anos, ela estava voltando da escola em uma bicicleta, quando foi surpreendida pelo indivíduo.A prisão aconteceu após policiais de serviço atenderem um chamado da central, de que ele teria cometido o crime de estupro, no endereço informado, a equipe de serviço foi até o local.

    Posted by Blog do Suerle Mourao on Monday, August 12, 2019
  • 3D INFORMÁTICA

  • A arte da nossa cidade Rosário

  • Assinar blog por e-mail

    Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

    Junte-se a 548 outros assinantes

  • Siga-me no Twitter

  • error: Conteúdo Protegido