Logo
  • Maranhão

    Carro cai dentro de riacho em Imperatriz, após ponte ter sido levada pela chuva

    Um táxi caiu dentro do riacho Bacuri, no Jardim Oriental, em Imperatriz, na noite dessa quinta-feira (23). O veículo ficou com a frente submersa. A suspeita é que o motorista tenha perdido o controle do carro.
    O condutor abandonou o táxi dentro do riacho. No local, onde o táxi caiu, havia uma ponte de madeira, que foi lavada pela enchente, após a última chuva na cidade. Uma hipótese é que o motorista não tenha percebido que não havia mais a ponte.
    Desde que a ponte foi arrastada pela água, os moradores do bairro encontram dificuldades de tráfego.
    Em nota, a Prefeitura de Imperatriz, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Sinfra), disse que “executa o programa de substituições de pontes de madeira por vigas de concreto pré-moldados, e que incluiu no cronograma deste ano, a construção da ponte, que fica localizada na rua José Bonifácio”.
    Denúncia Reclamação Elogio Sugestão SolicitaçãoSimplifique

    Polícia encontra dois mil pés maconha em Pedro do Rosário, no MA

    A Polícia Civil realizou uma operação nesta quinta-feira (23) e encontrou cerca de dois mil pés de maconha em uma propriedade na zona rural do município de Pedro do Rosário, a cerca de 130 km de São Luís.
    Segundo a polícia, houve troca de tiros ao chegar no local e os seguranças conseguiram fugir. Ao todo, foram apreendidas armas de fogo, sementes, adubo, ferramentas para cultivo da planta, além dos mais de dois mil pés de maconha. Uma parte da droga foi incinerada no local e o restante foi apreendido para ser encaminhado à perícia.
    Durante a operação, a polícia também prendeu três pessoas em flagrante e encaminhou para o presídio de Pinheiro. Todas serão autuadas pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e porte de arma de fogo.

    Funcionário terceirizado suspeito de usar carro da Polícia Civil em assaltos é solto

    O funcionário terceirizado da Polícia Civil, suspeito de cometer assaltos com um carro da instituição, foi posto em liberdade nessa quinta-feira (23).
    Reveja: Funcionário é suspeito de usar carro da Polícia Civil para praticar crimes
    O alvará de soltura foi concedido pelo juiz da Central de Inquérito de São Luís, Francisco Ferreira Lima. O terceirizado havia sido preso na última segunda-feira (20).
    O suspeito, que não teve o nome revelado, vai responder por roubo qualificado, associação criminosa, usurpação de função pública e peculato.
    O funcionário e mais três comparsas são suspeitos de utilizarem um carro da polícia para praticar assaltos. Entre os crimes cometidos, estão o roubo de R$ 1.400 de uma vítima, no Centro, e o roubo de uma motocicleta em uma residência, no bairro São Raimundo.

    Polícia prende funcionários que desviavam mercadorias a clientes ‘fantasmas’ no MA

    A Polícia Civil do Maranhão prendeu em flagrante na terça-feira (21) três funcionários de uma loja que são suspeitos de desviavam mercadorias a clientes “fantasmas” no município de Vila Nova dos Martírios.
    Segundo a polícia os funcionários suspeitos, que não tiveram as suas identidades reveladas, foram presos pela prática dos crimes de estelionato, apropriação indébita e associação criminosa.
    De acordo com a investigação policial, os suspeitos eram funcionários de uma loja da cidade de Imperatriz, a 626 km de São Luís, e utilizavam documentos falsos de supostos clientes para aprovarem crédito junto à loja que trabalhavam e junto à financeira Losango.
    Após a financeira liberar o crédito, as mercadorias eram entregues aos referidos funcionários para que efetivassem a entrega das mercadorias aos supostos clientes, mas tais mercadorias eram vendidas pelos funcionários, pois tais clientes nunca existiram.
    A polícia disse que as investigações prosseguem em relação aos eventuais crimes de falsificação e uso de documento falso. Os suspeitos foram encaminhados à unidade prisional de Açailândia, a 652 km da capital, onde vão ficar à disposição da Justiça

    Motorista de aplicativo suspeito de assalto é preso com oito celulares

    Um motorista de aplicativo, de nome não revelado, foi preso na noite dessa terça-feira (21), no bairro Ivar Saldanha, após a polícia encontrar oito celulares no carro dele.
    Quatro homens que estavam em um carro Celta se aproximaram de uma parada, no bairro do Filipinho, e praticaram um “arrastão”, tomando celulares de várias pessoas. Um dos suspeitos foi localizado depois de uma mulher, vítima do assalto, rastrear o celular roubado.
    Após descobrir que um dos celulares estava na região do Ivar Saldanha, a polícia foi até o local e prendeu o condutor. Inicialmente, ele negou participação no crime, mas os oito celulares foram encontrados no interior do veículo dele durante revista. O motorista foi encaminhado ao Presídio de Pedrinhas.

    Funcionário terceirizado é suspeito de usar carro da Polícia Civil para praticar crimes

    Um funcionário terceirizado da Polícia Civil foi preso por volta das 13h, dessa segunda-feira (20), suspeito de utilizar um carro da polícia para cometer crimes na capital.
    Após investigações, foi cumprido um mandado de prisão preventiva contra o suspeito de roubo qualificado (emprego de arma de fogo e concurso de pessoas), associação criminosa, usurpação de função pública e peculato.
    Outros três comparsas armados foram presos com ele. A quadrilha saía, no carro da polícia, praticando assaltos, como o roubo de R$ 1.400 de uma vítima no Centro. Eles também respondem pelo roubo de uma motocicleta em uma residência, no bairro São Raimundo.
    O funcionário terceirizado foi preso quando estava sendo atendido na Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) da Cidade Operária. Ele foi encaminhado ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas

    PRF apreende caminhonete adulterada na BR-316 no Maranhão

    A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu na tarde de segunda-feira (20) uma caminhonete com placas adulteradas durante uma fiscalização na BR-316 no município de Peritoró, a 236 km de São Luís.
    Segundo a PRF, a apreensão aconteceu por volta das 15h20 durante uma abordagem no km 423 da BR 316 em Peritoró, quando estava fiscalizando o veículo de placas do estado do Ceará.
    De acordo com os policiais rodoviários, quando foi solicitada a documentação do veículo, o condutor apresentou um Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) atrasado e com indícios de adulterações. Após fiscalização minuciosa os policiais perceberam fortes indícios de adulteração dos sinais de identificador do veículo.
    Diante das informações obtidas foi constatada, a princípio, ocorrência de Adulteração de sinal identificador de veículo automotor e documentação.
    O condutor, que não teve a sua identidade revelada, foi enquadrado por adulteração de sinal identificador de veículo automotor. O veículo, o condutor e o CRLV foram encaminhados para a delegacia de Polícia Civil em Peritoró, onde vão ficar à disposição da Justiça.

    PRF apreende carga de explosivos e medicamentos sem nota fiscal

    A Polícia Rodoviária Federal do Maranhão (PRF-MA) apreendeu na madrugada desta segunda-feira (20), no km 667 da BR-222 no município de Açailândia, localizado a 562 km de São Luís, uma carga de explosivos e medicamentos sem nota fiscal.
    A carga estava sendo transportada em um veículo que seguia pela rodovia. Foram apreendidas 270 cápsulas de pólvora, 10 kg de chumbo 3T, 96 cartelas de comprimidos de diversos tipos de medicamentos e 260 caixas de remédios.
    O motorista do veículo, que não teve o nome e a foto divulgada pela PRF, foi preso. Ele pode responder por contrabando fábrico, fornecimento, aquisição ou posse de transporte de explosivos ou gás tóxico, falsificação, corrupção, adulteração ou alteração de produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais.
    Em seguida, o condutor e a carga foram encaminhados para a Delegacia Regional de Açailândia.

    Termina no dia 6 de maio o prazo para regularizar o título no Maranhão

     Em dezembro de 2019, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MA) concluiu o recadastramento biométrico obrigatório dos eleitores de todas as 217 cidades do Maranhão, após 10 anos de atividade. O eleitor que, por algum motivo, não tem dados biométricos – sejam eles foto, digitais e assinatura, cadastrados até 6 de maio de 2020, ficará impedido de votar nas eleições de outubro, além de ter que enfrentar outras consequências.
    O mesmo prazo aplica-se aos eleitores que não votaram nem justificaram ausência às urnas por 3 eleições consecutivas.
    Segundo TRE-MA, é importante lembrar que cada turno de um pleito corresponde a uma eleição e que as eleições suplementares, como foi o caso de Bacabal e Bela Vista, onde ocorreram novas eleições em 28/10/18 e 12/01/20, respectivamente, também contam para efeito de cancelamento.
    Por este motivo, a Justiça Eleitoral alerta os cidadãos para que consultem a situação com a máxima antecedência possível para evitar as filas dos últimos dias de prazo.
    O Maranhão possui 105 zonas eleitorais responsáveis pelas 217 cidades do estado. Por exemplo, só São Luís, a capital, é dividida em 6 zonas (1ª, 2ª, 3ª, 10ª, 76ª e 89ª), Imperatriz em 3 (33ª, 65ª e 92ª), Caxias em 3 (4ª, 5ª e 6ª) e Santa Inês em 2 (57ª e 77ª).
    Encerrado o prazo obrigatório, em que o TRE montou estrutura própria de atendimento em cada município individualmente durante esses 10 anos com apoio dos poderes executivo e legislativo, o eleitor que precisa regularizar situação deve comparecer à sede da zona eleitoral a qual pertence, ficando atento ao horário de funcionamento porque algumas são de 8h às 14h e outras de 13h às 19h.
    Para verificar horário, localização e cidades de cada zona é só acessar a aba “zonas eleitorais” disponível na guia “O TRE” do endereço eletrônico www.tre-ma.jus.br.
    Já dúvidas e mais informações podem ser tiradas pelo telefone 0800 098 5000, de segunda a sexta, entre 8h e 18h. Pelo perfil @tremaranhao do Instagram também é possível acessar vários conteúdos inerentes ao assunto.
    Consulta
    Caso o eleitor tenha dúvida sobre a regularidade de seu documento é só consultar sua condição, de forma simples e gratuita, na página principal do Portal do TSE, na área de Serviços ao Eleitor, acessando o link Situação eleitoral – consulta por nome ou título. Após preencher o nome completo e a data de nascimento, o serviço indicará se o título está regular ou irregular.
    Já por meio das redes sociais (Facebook e Twitter) do TSE e pelo Google Assistant, é possível utilizar o chatbot do Tribunal para checar a regularidade do título. O robô virtual direciona o usuário diretamente à página de consulta.
    Uma terceira, prática e sustentável opção é baixar o aplicativo E-título, que reúne informações sobre local de votação, endereço e certidões, além de poder ser usado como documento oficial em embarques de terminais rodoviários e aeroviários.
    Multa
    Se a situação do eleitor estiver irregular será necessário pagar uma multa no valor aproximado de R$ 3,50 e, em seguida, comparecer ao cartório eleitoral mais próximo, apresentando documento oficial com foto, comprovante de residência e o título, se ainda o possuir.
    Para economizar tempo, a Justiça Eleitoral permite que o início do processo de regularização ocorra pela internet. Para tanto, basta seguir o seguinte caminho na página do TSE: Eleitor > Serviços ao eleitor > Título de eleitor > Quitação de multas.
    Após o preenchimento dos dados pessoais, a página possibilitará a emissão de Guia de Recolhimento da União (GRU) para a quitação da multa. Depois de emitir a GRU e realizar o pagamento da pendência, o eleitor precisará se dirigir apenas uma vez ao cartório eleitoral para regularizar a situação.
    Título cancelado
    Em caso de cancelamento, o eleitor poderá enfrentar alguns contratempos em relação a outros documentos que dependem da certidão de quitação eleitoral. Os nomes dos eleitores e os números dos respectivos documentos cancelados serão disponibilizados pela Justiça Eleitoral no começo do mês de junho.
    Alguns dos impedimentos previstos para o eleitor em situação irregular são:
    – Obter passaporte ou carteira de identidade;
    – Receber vencimentos, remuneração, salário ou proventos de função ou emprego público, autárquico ou paraestatal, bem como de fundações governamentais, empresas, institutos e sociedades de qualquer natureza, mantidas ou subvencionadas pelo governo ou que exerçam serviço público delegado, correspondentes ao segundo mês subsequente ao da eleição;
    – Participar de concorrência pública ou administrativa da União, dos estados, dos territórios, do Distrito Federal, dos municípios ou das respectivas autarquias;
    – Obter empréstimos nas autarquias, nas sociedades de economia mista, nas caixas econômicas federais e estaduais, nos institutos e caixas de previdência social, bem como em qualquer estabelecimento de crédito mantido pelo governo, ou de cuja administração este participe, e com essas entidades celebrar contratos;
    – Inscrever-se em concurso ou prova para cargo ou função pública, e neles ser investido ou empossado;
    – Renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo;
    – Praticar qualquer ato para o qual se exija quitação do serviço militar ou Imposto de Renda;
    – Obter qualquer documento perante repartições diplomáticas a que estiver subordinado.

    Mulher mata o próprio marido em defesa do sobrinho

    Três assassinatos ocorreram durante o sábado, 18, na Grande Ilha. Um dos casos teve como vítima, Geilson Ribeiro Bastos, de 34 anos, que segundo a polícia, foi morto a golpes de faca pela própria companheira, Patrícia de Jesus Silva, de 32 anos, na Alexandra Tavares, área da Cidade Olímpica.
    Ainda de acordo com a polícia, o casal chegou a discutir e durante a briga a vítima foi golpeada no peito. Geilson Ribeiro foi levado para o Hospital Municipal Socorrão II, mas morreu antes de ser submetido a tratamento cirúrgico.
    A polícia conseguiu prender em flagrante a suspeita, que foi levada para o plantão de Polícia Civil da Cidade Operária onde foi autuada. Segundo informações de populares, a acusada teria esfaqueado o companheiro para defender o sobrinho dela, nome não revelado.
    O outro homicídio doloso ocorreu na Vila Conceição, área do Alto do Calhau, e a vítima foi identificada como Moisés Oliveira Frazão, de 43 anos. A polícia informou que a vítima levou golpes de machado em várias partes do corpo, inclusive, na cabeça e ainda sofreu perfurações de chuchu. O autor do crime não foi revelado pela polícia e o caso está sendo investigado pela Superintendência de Homicídios e Proteção a Pessoas (SHPP).
    A outra morte foi de Edmilson Alves dos Santos, idade não revelada. Segundo a polícia, ele foi assassinado a tiros, no bairro do Maiobão, em Paço do Lumiar, e a motivação não foi revelada. O corpo da vítima foi removido para o Instituto Médico Legal (IML), no Bacanga, para ser autopsiado.
  • Anne Boutique

  • Policiais do 27º BPM prende estuprador em Rosário

    Policiais do 27º BPM prende estuprador em Rosário

    Um homem identificado como Walison Rodrigues dos Santos de 28 anos foi preso no início da noite desta segunda-feira (12), pela prática de estupro de vulnerável na cidade de Rosário, no Bairro Lagoa Azul, a vítima tem 17 anos, ela estava voltando da escola em uma bicicleta, quando foi surpreendida pelo indivíduo.A prisão aconteceu após policiais de serviço atenderem um chamado da central, de que ele teria cometido o crime de estupro, no endereço informado, a equipe de serviço foi até o local.

    Posted by Blog do Suerle Mourao on Monday, August 12, 2019
  • 3D INFORMÁTICA

  • A arte da nossa cidade Rosário

  • Assinar blog por e-mail

    Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

    Junte-se a 552 outros assinantes

  • error: Conteúdo Protegido