Logo
  • Notícias

    “Como é que o cara vai viver com R$ 24 mil?”, questiona procurador de Minas Gerais

    Um procurador do Estado de Minas Gerais foi pauta de grandes veículos de comunicação do país e das redes sociais hoje (10) ao reclamar do salário que recebe mensalmente. Segundo ele, foi preciso reduzir alguns gastos “para poder viver com R$ 24 mil”. Seu discurso, em tom de descontentamento, foi divulgado no site da instituição em que ele fez o pronunciamento.
    O protagonista do discurso é Leonardo Azeredo dos Santos, um dos procuradores do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) e, para se ter ideia, ele ganha 24 vezes mais que milhões de brasileiros, ao sacarem, mensalmente, não mais que R$ 998 – o salário-mínimo vigente. Em julho, ele chegou a receber R$ 35.462,22 (bruto).
    O discurso do procurador foi proferido no último dia 12 de agosto, durante uma sessão na Câmara de Procuradores do MPMG. Na ocasião, Leonardo Azeredo dos Santos indagava o procurador-geral da Justiça de Minas Gerais, Antônio Sérgio Tonet, sobre soluções para viver com o salário, considerado, por ele, baixo.
    “Como é que o cara vai viver com R$ 24 mil? O que é que de fato vamos fazer para melhorar a nossa remuneração? Ou nós vamos ficar quietos? Eu não sei se vou receber a mais, se vai ter algum recálculo dos atrasados que possa me salva, salvar a minha pele. Eu, de qualquer forma, já estou baixando meu padrão de vida bruscamente, mas eu vou sobreviver”, disse.
    Em outro momento, o procurador torna a se queixar e dispara, sem modéstia, que “não tem origem humilde” e não “está acostumado com tanta limitação”. Por fim, disse que sua manifestação é válida na tentativa de mudar a situação em que os procuradores do estado estão vivendo, e que não poderia agir ao contrário.
    “Vamos baixar mais a crista? Vamos virar pedinte quase? Alguém vai chegar e dizer ‘ora, exagero seu, você não sabe o que é um pedinte’. Mas será que estou pedindo muito, para o cargo que eu ocupo? Será que o meu cargo não merece ter uma remuneração que eu possa pagar o colégio dos meus filhos, por exemplo?”, finaliza.

    Corinthians é taxado pela União em R$ 566 milhões

    A Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) cobrou do Corinthians mais de R$ 566 milhões em impostos. Segundo a Lista de Devedores no site do órgão, as cobranças são tributárias, de Imposto de Renda, Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL), PIS e Cofins.
    O valor ultrapassa a receita líquida do clube em 2018, de R$ 446 milhões. A equipe fechou o ano com déficit de R$ 18 milhões, segundo a Folha de S.Paulo.
    Ao todo, os valores cobrados do Corinthians estão separados em 8 categorias junto à União e não incluem pagamentos já acordados em programas de refinanciamento de dívidas, como o Profut (Programa de Modernização da Gestão de Responsabilidade Fiscal do Futebol Brasileiro), de 2015.

    Filho de ex-ministro Lobão é preso na 65ª fase da Lava Jato

    Márcio Lobão, filho do ex-ministro Edison Lobão, foi preso na manhã desta terça-feira (10) na 65ª fase da Lava Jato, de acordo com o Ministério Público Federal (MPF). A prisão é preventiva, ou seja, por tempo indeterminado e foi efetuada no Rio de Janeiro (RJ).
    A nova etapa da operação investiga crimes de corrupção e lavagem de dinheiro proveniente de pagamento de vantagens indevidas relacionadas à Transpetro, que é subsidiária da Petrobras, e à Usina Hidrelétrica de Belo Monte.
    Além do mandado de prisão, há 11 de busca e apreensão. As ordens judiciais são cumpridas em São Paulo (SP), no Rio de Janeiro e em Brasília (DF).
    Segundo o MPF, Márcio Lobão e Edison Lobão solicitaram e receberam propinas dos Grupos Estre e Odebrecht em R$ 50 milhões entre 2008 e 2014.
    O mandado de prisão foi expedido contra Márcio Lobão porque, conforme o MPF, há indícios de que ele permanecia praticando o crime de lavagem de dinheiro em 2019.
    Esta fase tem como objetivo, conforme o MPF, aprofundar as investigações sobre as operações de lavagem de dinheiro realizadas pelo filho do ex-ministro.
    O MPF informou que há registros de lavagem de dinheiro em compras e vendas de obras de arte, vendas de imóveis, simulações de empréstimos familiares e movimentação em contas offshore.
    Edison Lobão e o filho Márcio Lobão já são réus na Lava Jato por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. A denúncia aceita pela Justiça trata de crimes cometidos, segundo o MPF, entre 2011 e 2014, no valor de R$ 2,8 milhões, por intermédio da Odebrecht.

    Prefeitura de Rosário abre inscrições para 1º Festival de Turismo de Aventura

    Atletas rosarienses e dos municípios da região terão a oportunidade de participar, de 3 a 6 de outubro, do 1º Festival de Turismo de Aventura de Rosário. O evento, realizado pela Prefeitura de Rosário em parceria com o Sebrae Maranhão, deve movimentar o turismo esportivo da região.
    Durante os quatro dias, serão realizadas atividades esportivas, apresentações culturais, gastronomia, passeios turísticos, além de contato direto com a natureza em muitas opções de aventuras.
    Para a prefeita do município, Irlahi Moraes, o evento é uma oportunidade de mostrar aos maranhenses mais sobre as potencialidades turísticas da cidade através do esporte. “Nosso primeiro Festival deve marcar a cidade de Rosário como um destino favorável aos amantes dos esportes e das belezas naturais. Através das diversas modalidades confirmadas, mostraremos que a nossa região é rica para aqueles que buscam o turismo junto com a aventura”, afirmou a prefeita.

    Sobre o 1º Festival de Turismo de Aventura

    Rosário será o cenário para corridas de rua, ciclismo mountain bike, canoagem, jet ski, encontros de motociclistas e jipeiros, apresentações culturais e exposições artísticas. As modalidades têm inscrições abertas para atletas locais e atletas visitantes . As inscrições estão abertas até o dia 31 de setembro, através do site http://eucorromais.com.br/. A taxa para participação é de R$ 40,00.
    Os atletas de Rosário que tiverem dificuldade em realizar a inscrição, podem se dirigir à sede do Sebrae, das 8h às 12h e das 14h às 18h, de segunda a sexta-feira.
    O valor da inscrição vale um kit, com camisa do evento, número de inscrição e chip, válido para todas as provas. A entrega dos kits será feita no dia 04 de outubro. Para a retirada, o atleta deverá apresentar documento oficial com foto e comprovante de pagamento da inscrição, não sendo aceito cópias de documentos.
    Confira a programação completa:
    Dia 3 de outubro | Quinta-feira
    18h – Abertura do evento com autoridades, parceiros e patrocinadores. Local: Estação Ferroviária.
    19h30 – Palestra de abertura.
    20h30 – Apresentações Culturais e Festival Gastronômico. Local: Praça da Prefeitura e Praça Matriz.
    Dia 4 de outubro | Sexta-feira
    7h às 18h – Realização de passeios turísticos. Ponto de encontro: Praça da Prefeitura.
    8h às 18h – Entrega dos kits aos participantes. Local: Sebrae.
    8h às 18h – Atividades desportivas com crianças e jovens . Local: Parque da cidade e Balneário do Delega.
    18h – Apresentações Culturais e Festival Gastronômico. Local: Praça da Prefeitura e Praça Matriz.
    20h – Encontro de motociclistas e jipeiros (Clubes da Harley – Davidson e do Jipe). Local: Praça da Prefeitura.
    Dia 5 de outubro | Sábado
    7h às 18h – Realização de passeios turísticos.
    8h – Atividades desportivas. Local: Balneário do Delega, Ginásio e Rio Itapecuru.
    8h – Corrida em trilhas (trekking). Local: Balneário do Delega.
    16h – Corrida de motocross.
    17h – Corrida de rua.
    18h – Apresentações Culturais e Festival Gastronômico. Local: Praça da Prefeitura e Praça Matriz.
    20h – Encontro de motociclistas e jipeiros (Clubes da Harley – Davidson e do Jipe). Local: Praça da Prefeitura.
    Dia 6 de outubro | Domingo
    8h – Prova de Mountain Bike.
    9h30 – Corrida de canoas.

    Polícia busca Cazares após denúncia de agressão contra mulher

    Uma ligação levou a Polícia Militar à casa de Cazares, jogador do Atlético, em Lagoa Santa, na região metropolitana de Minas Gerais, na manhã desta segunda-feira (9). Na chamada, feita por volta das 7h, uma mulher denunciou que uma amiga sua teria sido agredida ainda durante a madrugada pelo meia do Galo.
    Até o momento, nenhuma das duas foi encontrada no endereço gerado durante a ligação e, por isso, militares decidiram ir até o condomínio fechado onde o atleta vive para entender o que pode ter acontecido.
    Cazares ainda não entrou em contato com o Atlético, informou o clube por meio de sua assessoria. Assim, o time aguarda que o atleta fale sobre o assunto e que os órgãos oficiais se pronunciem sobre o caso. O departamento jurídico também espera o boletim de ocorrência e a manifestação do atleta para se pronunciar.
    O meia esteve em campo na tarde desse domingo (8), durante a derrota do Atlético para o Botafogo, por 2 a 1, no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro.
    No entanto, ainda durante a noite, o clube voltou a Belo Horizonte, e os atletas foram dispensados. Segundo o calendário de atividades do clube, Cazares só precisa se reapresentar no Centro de Treinamento do Galo na terça-feira (10), às 15h30.

    Mercado reduz estimativa de inflação pela quinta vez seguida

    O mercado financeiro reduziu a estimativa de inflação para este ano, pela quinta vez seguida. Segundo o boletim Focus, pesquisa divulgada todas as semanas pelo Banco Central (BC), a previsão para a inflação, calculada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), caiu de 3,59% para 3,54%, este ano.
    Para 2020, a estimativa também foi reduzida, ao passar de 3,85% para 3,82%. A previsão para os anos seguintes não tiveram alterações: 3,75%, em 2021, e 3,50%, em 2022.
    A meta de inflação, definida pelo Conselho Monetário Nacional é 4,25% em 2019, 4% em 2020, 3,75% em 2021 e 3,50% em 2022, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo.
    Para alcançar a meta de inflação, o Banco Central usa como principal instrumento a taxa básica de juros, a Selic, atualmente em 6%. Quando o Copom reduz a Selic, a tendência é que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo, reduzindo o controle da inflação e estimulando a atividade econômica.
    Quando o Comitê de Política Monetária aumenta a Selic, a finalidade é conter a demanda aquecida e isso causa reflexos nos preços porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança.
    Para o mercado financeiro, ao final de 2019 a Selic estará em 5% ao ano. Para o final de 2020, a estimativa segue em 5,25% ao ano. No fim de 2021 e 2022, a previsão permanece em 7% ao ano.
    A previsão para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) – a soma de todos os bens e serviços produzidos no país – foi mantida em 0,87% em 2019.
    Segundo o BC, a previsão para 2020 caiu de 2,10% para 2,07%. Para 2021 e 2022 também não houve alteração nas estimativas: 2,50%.
    Dólar
    A previsão para a cotação do dólar ao fim deste ano subiu de R$ 3,85 para R$ 3,87 e, para 2020, de R$ 3,82 para R$ 3,85.

    Começa nesta semana pagamento de R$ 500 por conta do FGTS

    A Caixa Econômica Federal inicia nesta semana o pagamento de até R$ 500 por conta do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Os repasses serão feitos até 31 de março de 2020, conforme a data de nascimento dos beneficiários.
    O valor será depositado automaticamente, na próxima sexta-feira (13), para pessoas nascidas em janeiro, fevereiro, março e abril, que têm conta poupança na Caixa.
    Aqueles com data de aniversário em maio, junho, julho e agosto, recebem a partir do dia 27 de setembro de 2019. Para trabalhadores nascidos em setembro, outubro, novembro e dezembro, o pagamento será feito a partir do dia 9 de outubro de 2019.
    Segundo a Caixa, cerca de 33 milhões de trabalhadores receberão o crédito automático na conta poupança. Os clientes do banco que não quiserem retirar o dinheiro têm até 30 de abril de 2020 para informar a decisão em um dos canais divulgados pela Caixa: siteInternet Banking ou aplicativo no celular.
    De acordo com a Caixa, o crédito automático só será realizado para quem abriu conta poupança até o dia 24 de julho de 2019.
    O pagamento aos não correntistas da Caixa seguirá o seguinte cronograma:
    Para saber os valores disponíveis para o saque, os canais de recebimento e as opções de crédito em conta, é só acessar o site da Caixa e informar número do CPF (Cadastro de Pessoas Físicas), do NIS (Número de Identificação Social), do PIS (Programa de Integração Social) ou do Pasep (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) e a data de aniversário. Os saques de até R$ 100 poderão ser realizados em casas lotéricas, com apresentação de documento de identidade original com foto e número do CPF. Será feita a leitura da digital no momento do saque. Para quem possui cartão Cidadão e senha, o saque poderá ser feito nos terminais de autoatendimento, em unidades lotéricas ou correspondentes Caixa Aqui. Quem não tem o cartão Cidadão, deve procurar uma agência da Caixa.
    Saque aniversário
    Outra modalidade de saque, válida para o próximo ano, será o saque aniversário. Os trabalhadores interessados em migrar para essa sistemática poderão comunicar à Caixa, a partir de 1º de outubro de 2019. Ao confirmar esta opção em um dos canais divulgados pelo banco, o trabalhador deixará de efetuar o saque em caso de rescisão de contrato de trabalho.
    Quem realizar a mudança, só poderá retornar à modalidade anterior após dois anos da data da solicitação à Caixa.
    Caso o trabalhador não comunique o interesse no tipo de saque, a regra da rescisão será mantida.
    A decisão de migrar para a modalidade do saque aniversário, não anula a multa de 40% em caso de demissão sem justa causa.

    Mulheres se envolvem menos em acidentes, aponta pesquisa

    Dados aponta que 24% dos acidentes de trânsito registrados no Maranhão em 2018 tiveram o envolvimento de mulheres; elas também cometem menos infrações e têm menor registro de pontos na carteira, 64% a menos que os homens
    Contrariando o dito popular que questiona a prudência das mulheres ao volante, uma pesquisa realizada pela Seguradora Líder, responsável pelo pagamento do seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT), apontou que, das ocorrências de trânsito registradas no Maranhão em 2018, 24% tiveram o envolvimento de mulheres. No estado, conforme dados do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MA), elas representam cerca de 27% dos 889.434 condutores registrados pelo órgão. Para especialistas, baixos índices de mulheres envolvidas em acidentes demostra que, apesar de serem a minoria no trânsito, elas são, no geral, mais cautelosas na direção.
    Muito embora os carros tenham chegado ao Brasil por volta de 1890, as primeiras mulheres que detiveram o direito de dirigir e portaram habilitação alcançaram o feito apenas 42 anos depois, em 1932. Seguindo a conquista das pioneiras Maria José Pereira Barbosa Lima e Rosa Helena Schorling, atualmente cerca de 240 mil mulheres pilotam veículos motorizados no Maranhão, apesar de ainda representarem um grupo 63% menor que o composto por condutores do sexo masculino, constituído por 653.064 motoristas, de acordo com o Detran-MA.
    Mas não é apenas a presença das mulheres ao volante que apresenta menores índices no trânsito do estado. Segundo uma pesquisa realizada anualmente pela Seguradora Líder, que detém contrato para gestão e pagamento do seguro DPVAT em todo o Brasil, apenas 24% dos acidentes de trânsito registrados no Maranhão tiveram o envolvimento de mulheres. Para o médico Phil Camarão, especialista em medicina de tráfego, presidente da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet), as estatísticas refletem as características das mulheres ao volante.
    “As mulheres são muito mais cuidadosas. Dirigem mais devagar e de forma defensiva. Também não costumam beber antes de dirigir e, consequentemente, também se envolvem menos em acidentes automobilísticos. Não por acaso, estudos demonstram que elas vivem, consideravelmente, mais que os homens. De forma geral, isso se comprova nas atitudes que elas tomam no dia a dia, sendo mais precavidas e conscientes”, ressaltou o especialista.
    Mas alguns índices apresentados pela pesquisa geram preocupação, entre eles dados referentes à população mais nova. Dos acidentes envolvendo mulheres no Brasil em 2018, 50% atingiram jovens de 18 a 34 anos, no estado. Phil Camarão destaca, entre outros pontos, o uso de celular ao volante. “No dia a dia, podemos identificar um grande número de mulheres utilizando celular, normalmente relacionado às mais jovens. É um ponto que precisa ser trabalhado e reforçado o perigo imposto por esta atitude, que pode estar relacionada ao alto índice de envolvimento dessa faixa etária em acidentes”, avaliou.
    Infrações
    Contudo, dados do Detran demonstram que as mulheres cometem menos infrações no trânsito. Dos 77.153 condutores com pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) em 2018, apenas 26% correspondiam a mulheres. Até abril deste ano, o número de mulheres com pontos na CNH era 64% menor que o de homens, segundo o órgão. Motoristas experientes, que se mantêm sem registros de infrações no histórico de habilitação, destacam cuidados tomadas no dia a dia tidos como “essenciais” para confrontar quem ainda questiona a habilidade da mulherada ao volante. Habilitada há mais de 20 anos, a pedagoga Luzia Mota desconhece a sensação de sofrer um acidente.
    “Nunca bati o carro ou tive al­gum tipo de problema grave dirigindo. Sempre busco me manter atenta, para evitar que isso possa acontecer. Nós somos mais cuidadosas e cautelosas no dia a dia. Não seria diferente no trânsito. Não dirijo após beber, e uso celular só em casos de emergência, mas sempre tento parar o carro em algum local apropriado. A gente não pode garantir que na­da ocorra, mas podemos evitar agir de forma imprudente, porque, além dos riscos à nossa vida, outras pessoas são colocadas em perigo”, destacou.
    Sobre o Seguro DPVAT
    O DPVAT é um seguro obrigatório de caráter social que protege os mais de 209 milhões de brasileiros em casos de acidentes de trânsito, sem apuração da culpa. Ele pode ser destinado a qualquer cidadão acidentado em território nacional, seja motorista, passageiro ou pedestre, e oferece três tipos de coberturas: morte (R$ 13.500), invalidez permanente (até R$ 13.500) e reembolso de despesas médicas e hospitalares da rede privada de saúde (até R$ 2.700). A proteção é assegurada por um período de até 3 anos.
    Dos recursos arrecadados pelo seguro obrigatório, 50% vão para a União, sendo 45% para o Siste­ma Único de Saúde (SUS) para custeio da assistência médico-hospitalar às vítimas de acidentes de trânsito, e 5% são para o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), investidos em programas de educação e prevenção de acidentes de trânsito. Os outros 50% são direcionados para despesas, reservas e pagamento de indenizações.
    SAIBA MAIS
    EconomiaUma pesquisa feita por um site de comparação de preços demonstrou que seguros para automóveis são até 15% mais baratos para mulheres. Isto porque, conforme Paulo Marchetti, CEO da companhia especializada em pesquisas de custos, as simulações de seguradoras levam em conta o comportamento delas no trânsito. “As mulheres são conhecidas, em sua maioria, por serem mais cautelosas na direção além de respeitarem mais as leis e, por isso, as seguradoras cobram um valor mais baixo”, comentou.(O Estado)

    Construção da nova sede da Câmara de São Luís será iniciada este ano

    A obra de construção da nova sede da Câmara Municipal de São Luís, que será implantada na antiga Fábrica São Luís, no Centro da capital, terá início ainda este ano.
    A informação foi confirmada pela presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Kátia Bogéa, aos vereadores Osmar Filho (PDT), presidente da Casa, e Pavão Filho (PDT); e ao deputado federal Pedro Lucas Fernandes (PTB).
    Os três políticos reuniram-se, nesta quinta-feira (05), com Kátia Bogéa na sede do Instituto, em Brasília.
    Na capital do país, os vereadores estão cumprindo agenda de trabalho composta por reuniões com classe política, com o objetivo de obter novos benefícios para a cidade, e visitas a órgãos federais e do Poder Judiciário.
    Kátia explicou aos parlamentares que o projeto arquitetônico do novo Palácio Pedro Neiva de Santana, elaborado pela superintendência regional do Instituto, já está sendo analisado pela equipe técnica do Iphan nacional. O referido projeto faz parte do programa PAC Cidades Histórias.
    Informou, ainda, que os recursos para que a obra seja iniciada estão garantidos. A previsão é de que a ordem de serviço seja assinada em dezembro, mês no qual a CMSL comemorará o seu quarto centenário.
    “A nova sede é uma vitória de todos os vereadores e, em especial, do povo de São Luís. Agradeço a companheira Kátia pelo empenho. Agradeço também o deputado federal Pedro Lucas e aos demais agentes da classe política que estão contribuindo para que este sonho se concretize”, afirmou Osmar Filho.
    “Esta obra é um grande feito em comemoração aos 400 anos da Câmara”, comentou Pedro Lucas.
    Nova Câmara – Pelo projeto apresentado – além do Centro Administrativo composto por plenário, gabinetes dos vereadores e demais dependências de todos os setores da Casa – a Fábrica São Luís contará com uma praça cívica e um auditório com 180 lugares para a realização de eventos culturais.
    Prevê, ainda, instalação de um hall que abrigará exposições do sistema fabril e da história da Câmara como mais um atrativo para turistas e cidadãos.
    A nova sede do Poder Legislativo ludovicense também será incluída em uma rota de turismo que abrange a visitação a alguns pontos da cidade, como as Fábricas Santa Amélia e Progresso.

    Câmara aprova mudanças nas regras eleitorais

    O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (4) novas regras ao sistema eleitoral. A proposta segue para apreciação do Senado. Para assegurar a validade da nova legislação nas eleições estaduais em 2020, o texto precisa ser publicado até um ano antes do primeiro turno (início de outubro).
    O texto-base do PL 11.021/18 foi aprovado na sessão de ontem (3), por 263 votos a 144. A proposta altera a Lei Eleitoral (9.504/97) e a Lei dos Partidos (9.096/95).
    O texto estabelece o fim do percentual fixo de 30% das emendas de bancada como referência para a destinação orçamentária ao Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC), o chamado Fundo Eleitoral. A proposta também restringe a aplicação de multa de 20% sobre o montante considerado irregular em contas de partido reprovadas pela Justiça Eleitoral apenas nos casos em que o agente teve a intenção de cometer a infração.
    Na sessão desta quarta, parlamentares retiraram do texto a possibilidade de redistribuição de recursos do Fundo Eleitoral aos demais partidos da parcela eventualmente recusada por alguma legenda.
    Registro de candidatura
    O projeto define ainda parâmetros para avaliar se um candidato está elegível para disputar as eleições. A definição caberá à Justiça Eleitoral que deve considerar a data da posse e não a data do registro da candidatura, embora a condição continue a ser aferida nesse momento.
    Dessa forma, poderá concorrer um político cuja penalidade de não poder ser eleito acabar antes da posse, mas depois das eleições. Para o deputado Carlos Zarattini (PT-SP), a regra não se trata de “dar qualquer possibilidade de burlar a lei”.
    “O que se está fazendo aqui é estabelecer um prazo para que a Justiça Eleitoral julgue a possibilidade de a pessoa ser ou não candidata, impedindo assim que se faça campanha e, no fim, o candidato seja declarado inelegível. A Justiça tem que dizer logo, imediatamente, se o candidato é ou não elegível. O que estamos fazendo aqui é simplesmente dar segurança jurídica ao pleito e a possibilidade de o eleitor saber se está votando num candidato elegível”, argumentou.
    Contrário à medida, o deputado Coronel Tadeu (PSL-SP) criticou a aprovação do trecho pelo Câmara dos Deputados.
    “É necessário que o culpado cumpra sua pena ou nós estaremos estimulando ainda mais a impunidade neste país. Após ter cumprido a pena, nada mais legítimo do que ele poder voltar às urnas e colocar o seu nome, submeter a sua biografia a um sufrágio para a sociedade então decidir. Mas, antes que essa pena seja cumprida, não é viável — e digo até que é um absurdo — o parlamento aprovar um item como esse”, defendeu.
    Propaganda partidária semestral
    O texto aprovado pelos deputados prevê a volta da propaganda partidária semestral e exceções aos limites de gastos de campanhas eleitorais. A obrigação dessa veiculação em rede nacional e estadual foi extinta pela última reforma eleitoral em virtude da criação do fundo eleitoral.
    O PL estabelece que o partido com mais de 20 deputados federais eleitos terá 20 minutos de tempo, por semestre, para inserções nas redes nacionais e o mesmo tempo nas redes estaduais. A sigla que eleger de 10 a 19 deputados terá assegurado o tempo de 15 minutos a cada seis meses – tanto nas redes nacionais quanto estaduais. Já os partidos que tenham eleitos até nove deputados terão o tempo de 10 minutos assegurados (redes nacionais e estaduais – cada).
  • Anne Boutique

  • Policiais do 27º BPM prende estuprador em Rosário

    Policiais do 27º BPM prende estuprador em Rosário

    Um homem identificado como Walison Rodrigues dos Santos de 28 anos foi preso no início da noite desta segunda-feira (12), pela prática de estupro de vulnerável na cidade de Rosário, no Bairro Lagoa Azul, a vítima tem 17 anos, ela estava voltando da escola em uma bicicleta, quando foi surpreendida pelo indivíduo.A prisão aconteceu após policiais de serviço atenderem um chamado da central, de que ele teria cometido o crime de estupro, no endereço informado, a equipe de serviço foi até o local.

    Posted by Blog do Suerle Mourao on Monday, August 12, 2019
  • 3D INFORMÁTICA

  • A arte da nossa cidade Rosário

  • Assinar blog por e-mail

    Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

    Junte-se a 548 outros assinantes

  • Siga-me no Twitter

  • error: Conteúdo Protegido